Blog do Espaço

Aprendendo a Fechar Ciclos

Quando falamos de ciclos, estamos falando dos processos da vida com começo, meio e fim. Mesmo que nada esteja realmente acabado, é importante aprender a encerrar ciclos quando percebemos que um processo se esgota. Dessa forma, você pode seguir em frente e evitar ficar preso.

Se você quer fazer isso, tem que saber diferenciar entre fechar ciclos e perder algo.  Concluir capítulos importantes em sua vida sempre traz consigo uma sensação de perda e sentimentos estão envolvidos. Encerrar um ciclo sempre significa perda, mas uma perda nem sempre significa fechar um ciclo. Consegue perceber qual a diferença entre perda e fechar ciclos?

Para explorarmos melhor sobre esta temática, passaremos pelos pontos abaixo:

-Por que resistimos a encerrar ciclos?

-Por que fechar ciclos?

-O que significa encerrar ciclos?

-Mudar é preciso!

-Benefícios da abertura para o novo

Por que resistimos a fechar ciclos?

A principal razão pela qual é essencial se fechar ciclos é que eles desempenham um papel direto em seu futuro. Não importa que tipo de ciclo seja, se ficar aberto, atrapalhará seu progresso pessoal. Um exemplo disso, seria como não lidar com uma torneira pingando algumas gotas constantemente e esperar que isso não lhe cause mais gastos e gere desperdício de dinheiro e água potável.

Como humanos, tendemos a nos limitar ao que sabemos, por mais negativo que seja, como a famosa zona de conforto, que de confortável geralmente nada tem! Um hábito muito enraizado pode nos levar à inércia total. Achamos mais fácil suportar algo ruim, mas familiar, do que procurar alternativas melhores, mas que necessitam de assumir riscos. É por isso que muitos de nós resistimos a fechar ciclos. Há uma parte de nós que quer continuar fazendo as mesmas coisas. Não queremos ter dúvidas sobre o desconhecido.

É também por isso que a primeira coisa que você precisa fazer é se abrir para a mudança e se despedir da realidade antiga. Um ciclo se fecha quando todo o processo termina e restam apenas restos dispersos. Fechar ciclos é algo que você tem que fazer de forma consciente, você pode não ter mais nada em que se apegar, mas isso não significa que você não esteja mentalmente apegado o passado, vinculado ao lamento daquilo que perdeu. Se despedir é uma forma de aceitar uma nova realidade.

O que significa encerrar ciclos?

Fechar ciclos envolve afastar-se de realidades dolorosas, mas também envolve alguma dor. Ao tentar fechar um ciclo de vida é preciso se permitir experimentar a tristeza que os finais e despedidas trazem consigo e dizer adeus à realidade que está prestes a desaparecer. Uma boa maneira de se fazer isso é criar uma memória do que você viveu.

Você não pode fechar ciclos ignorando a experiência que teve, isso não ajuda, pelo contrário, você pode entrar em um estado de negação. Um bom início é se abrir a encontrar o significado do que experienciou, você pode escolher explorar os momentos mais importantes e os sentimentos que experimentou. Após fazer isso, verifique quais as experiências positivas ou desafiadoras que você teve neste ciclo. Nomeie o que lhe ensinou algo e o que lhe atrapalhou a se desenvolver, por exemplo.

Por que fechar ciclos?

Um dos objetivos de se fechar ciclos é ficar em paz com seu passado recente, e o principal é seguir em frente sem deixar que suas experiências passadas o afetem ou dominem seu presente. Todo final significa um novo começo, e esse começo é onde você deve colocar toda a sua atenção e esforço.

Coisas novas não precisam ser assustadoras. É normal que as coisas fiquem um pouco instáveis no começo, mas não demorará muito para que eles revelem suas boas qualidades. Pode se tornar uma aventura transformar o familiar em desconhecido. Você sempre aprenderá novas lições, se surpreenderá e, claro, se adaptará. Na maioria das vezes, essas mudanças oferecem muito mais do que se perde.

Mudar é preciso!

É preciso aceitar a mudança como uma nova companheira. Ela traz uma possibilidade de um novo ciclo como uma chance de colocar em prática tudo o que aprendeu, adquirir ainda mais conhecimento, lapidar as arestas e dar uma guinada para crescer.

Fechar ciclos é essencial para sua saúde mental. Se você não os fechar, o futuro parecerá opressor e confuso: não viverá o passado, porque ele não existe e nem o presente. Quando se trata do desconhecido, do futuro, você deve recebê-lo de braços e coração abertos, confiando em sua capacidade de crescer e lidar com os desafios da vida.

Benefícios da abertura para o novo

Quando fechamos uma fase da vida, criamos um novo ciclo onde podemos nos tornar mais criativos e nos aproximarmos da felicidade. A cada ciclo que encerramos criamos outro novamente e acumulamos sabedoria. A nossa existência ganha sentido e ficamos com a energia renovada que nos permite sentir a liberdade.

Aproveitemos para nos libertar, para libertar os outros… Desejo que se tivermos a oportunidade de melhorar nossas vidas, não a percamos por nossos medos, preconceitos, raiva, tristeza. A vida é bela, por isso não nos apeguemos a ser prisioneiros de nós mesmos!

Sabemos que nem sempre isso é fácil e se você perceber que precisa de ajuda para lidar com seus desafios cotidianos, a Psicoterapia presencial ou a Consulta Psicológica on-line podem ser o caminho!

Clique aqui e converse com uma de nossas psicólogas para conhecer mais e entender o que faz sentido para você, pode ser que você se você precisar de ajuda neste processo, conte conosco!

Juliana Fitaroni

Juliana Fitaroni

Psicóloga, CRP 18/02964

2 respostas

  1. Só tenho a agradecer, ler tudo isso me deixou muito melhor.. já estava entendo que isso estava acontecendo, mas não tinha o entendimento de como lidar com isso… estava fazendo por intuição divina.. gratidão a vcs

    1. Olá, Monica!
      Fico feliz que o texto tenha lhe ajudado!
      Desejo uma caminhada de crescimento significativa a você!
      Abraços,
      Juliana Fitaroni

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados:
Assine a Newsletter do Espaço!

Compartilhe: